Jovem Aprendiz Correios – Inscrições e Vagas

Trata-se de uma ótima oportunidade para iniciar a carreira profissional. Veja como ser um Jovem Aprendiz Correios.

Uma das principais dificuldades de quem está em busca do primeiro emprego é falta de experiência. Mas, como adquirir experiência sem trabalhar?

Este foi um dos motivos que levou o governo federal a sancionar, em 2000, a Lei da Aprendizagem, que, entre outros dispositivos, determina a reserva de 5% a 15% das vagas de emprego para a contratação de jovens aprendizes.

JOVEM APRENDIZ CORREIOS

Os Correios foram uma das primeiras empresas a aderir ao programa.

A abertura de inscrições para o programa Jovem Aprendiz Correios ocorre anualmente.

Em 2016, o edital foi publicado no mês de fevereiro; portanto, os interessados precisam ficar atentos. Para 2017 as notícias são boas.

Serão publicadas brevemente no site www.correios.com.br (os editais são postados na aba “institucional”).

Quem Pode Participar do Jovem Aprendiz Correios?

Assim como todos os programas organizados com base na Lei de Aprendizagem, o Jovem Aprendiz Correios é voltado para estudantes entre 14 e 22 anos.

Ao contrário das demais admissões contratuais, no entanto, os candidatos do Jovem Aprendiz Correios não ser selecionados pelas empresas em que irão atuar, mas por entidades sem fins lucrativos, devidamente registradas no Ministério do Trabalho e Emprego.

Para consultar as empresas parceiras que atuam na sua localidade, acesse o site www.mte.gov.br ou consulte o escritório da Superintendência Regional do Trabalho e Emprego da sua região.

O programa Jovem Aprendiz Correios estabelece os seguintes pré-requisitos para os candidatos:

1- ter idade entre 14 e 22 anos, completados até a data da assinatura do contrato;

2- estar cursando no mínimo o 9º ano do ensino fundamental;

3- caso ainda não tenha concluído o ensino médio, comprovar frequência e aproveitamento no estabelecimento de ensino;

4- não ter trabalhado anteriormente para os Correios (ou empresa prestadora de serviços);

5- não ter participado anteriormente de programas voltados para jovens aprendizes;

6- ter disponibilidade para cumprir jornada de trabalho de quatro a seis horas diárias, nos turnos da manhã ou tarde.

A seleção para o programa Jovem Aprendiz Correios dá preferência para candidatos oriundos de famílias de baixa renda (renda mensal per capita de até meio salário mínimo nacional), estudantes da rede pública de ensino.

Deixe um comentário